voce-sabia-que-funcionarios-felizes-produzem-mais.jpeg

Você sabia que funcionários felizes produzem mais?

O capital humano exerce grande influência para os resultados da empresa e é um fator de sucesso em seu crescimento. Mas para que a empresa possa contar com seus funcionários, ela precisa desenvolver diversas ações a fim de manter sua equipe produtiva e feliz.

A energia que uma pessoa feliz e satisfeita passa para as demais pessoas à sua volta colabora para o aumento do desempenho do grupo e para a retenção de pessoas, pois colaboradores satisfeitos com o trabalho dificilmente mudam de empresa. 

Não existe fórmula perfeita para a felicidade, uma vez que cada pessoa tem suas necessidades e anseios diferentes. A vida amorosa, sucesso no trabalho, vida espiritual equilibrada, saúde, viagens, festas, bens materiais e dinheiro estão entre os itens mais buscados e relacionados à felicidade.

As organizações não conseguem atuar de forma a proporcionar para seus colaboradores todos os seus desejos e ambições, mas têm papel fundamental na felicidade deles. Você sabe por quê? Continue a leitura e descubra como a empresa deve agir para ter funcionários felizes e produzindo mais.

Valorização os colaboradores

A valorização pode vir por meio de oportunidades de crescimento, reconhecimento, premiação, ações de retenção, feedbacks e boa comunicação. Quando o gestor não age dessa forma, cria um sentimento de frustração muito grande em seus colaboradores, que entendem que seus esforços não estão sendo valorizados e reconhecidos pela empresa.

Contudo, quando existe a sensação de valorização, a equipe fica engajada a produzir mais e alcançar resultados como forma de retribuir à empresa toda a confiança depositada.

Não ignorar os problemas individuais

Os trabalhadores, de forma geral, têm muitas dificuldades em separar os problemas pessoais dos problemas profissionais, transferindo o que acontece de bom e de ruim para essas duas esferas.

Como gestor, você deve agir quando perceber que seu funcionário está desmotivado e deve estar disponível quando ele procurá-lo para conversar. É claro que os problemas pessoais são muito difíceis de serem resolvidos pelo gestor e existe também um limite de envolvimento, mas, só de o gestor demonstrar interesse e boa vontade para dar suporte ao funcionário, ele se sente motivado e valorizado pela empresa.

A companhia também pode oferecer um plantão psicológico quando identificar que o problema de motivação é recorrente, a fim de dar mais suporte ao funcionário.

Oferecer um bom ambiente organizacional

É obrigação da empresa oferecer um ambiente de trabalho agradável e com um bom clima organizacional. Quando o funcionário não se sente bem exercendo suas atividades, não tem um bom relacionamento com os colegas, trabalha em um ambiente desorganizado e a empresa não faz nada para tornar a jornada de trabalho mais agradável, seu emprego se torna chato e as horas demoram a passar.

Possibilitar um equilíbrio entre vida pessoal e vida profissional

Para que um funcionário seja feliz, ele precisa encontrar equilíbrio em seus objetivos e em sua vida. Há diversas medidas pelas quais a empresa pode contribuir para esse equilíbrio: respeitar as horas de trabalho e evitar a cultura de horas extras, não ligar para o funcionário em seu dia de folga ou momento de descanso, fazer um planejamento prévio dos treinamentos que exijam deslocamento de cidade e evitar outras ações que possam ser encaradas como invasivas na visão do colaborador.

Quando não existe esse equilíbrio e a empresa não respeita esses limites, o funcionário se sente sufocado pela organização, o que acaba interferindo também em seus relacionamentos.

A empresa não ganha somente em produtividade quando investe na felicidade de seus funcionários. Essas ações também colaboram para a retenção de talentos e diminuição de custos referentes a desligamentos, admissão, processo de seleção e treinamento de novos funcionários. Todos esses benefícios, em conjunto, contribuem para o aumento da competitividade, valorização da marca da empresa e longevidade da organização.

E então, encontrou motivos para ter funcionários felizes em sua organização? Se você quer descobrir mais sobre o universo da gestão de pessoas, leia também nosso artigo sobre como promover o bem-estar no trabalho com zero investimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação