socialização organizacional problemas

Socialização organizacional: os problemas de não fazer

Qualquer pessoa que ingressa em um lugar novo passa por uma fase de descobrimento e aprendizado. Esta fase possibilita a adaptação do novato ao ambiente, que implica em também entender a dinâmica dos relacionamentos interpessoais e do funcionamento do contexto. Temos aqui a importância da Socialização Organizacional.

As empresas e instituições são esses possíveis novos ambientes nos quais uma pessoa ingressa. Ao processo em que os novos funcionários aprendem sobre a empresa, sua cultura organizacional e a dinâmica dos relacionamentos interpessoais, denominamos de Socialização Organizacional – ou, ainda, Processo de Integração ou Ambientação Organizacional.

A Socialização Organizacional

Este processo é determinante para o sucesso da contratação de novos colaboradores, retenção de talentos, desempenho do novato e para a integração dele com a equipe. Além de outros efeitos indiretos como o clima organizacional, erros diversos e engajamento dos funcionários.

Tendo em vista toda esta importância da Socialização Organizacional, torna-se compulsório estruturar o processo dentro das empresas. Mesmo sem a estruturação e controle, os novos funcionários ainda assim passaram por alguma socialização informal, que pode trazer diversos prejuízos para a empresa e para o próprio novato.

Listamos, a seguir, os principais problemas que uma empresa ou instituição enfrenta ao não ter estruturado o processo de Socialização Organizacional e não aplicá-lo:

Erros táticos e operacionais

Um funcionário que não passa pela Socialização Organizacional estruturada tem maiores chances de cometer erros no trabalho. Por quê? A pessoa ser imersa na atividade laboral sem uma devida apresentação aos colegas que desempenham funções complementares ao seu trabalho é um dos piores erros que a empresa pode cometer.

A pessoa deve ser apresentada aos colegas e entender muito bem o que cada um faz. Além disso, nos primeiros dias de emprego, é muito comum que as pessoas se sintam desconfortáveis e hesitem em manifestar dúvidas ou procurar ajuda.

Todos esses fatores aumentam os riscos da ocorrência de erros operacionais e táticos, pois muitos processos de trabalho implicam na realização conjunta. Dependendo da atividade da empresa, um mínimo erro pode levar a problemas graves futuramente.

Mas é muito simples minimizar as chances desses erros ocorrerem, basta estruturar o processo de Socialização Organizacional.

Desempenho rebaixado

É da natureza do ser humano apresentar resistências ao imergir em ambientes e contextos desconhecidos. Mesmo a pessoa mais receptiva a mudanças e com altas habilidades sociais de adaptação tem algum tipo de resistência.

As resistências interferem negativamente na fluidez e capacidade da pessoa de se relacionar e trabalhar. E, portanto, o desempenho é prejudicado por isto. Novamente, empresa e funcionário perdem pela falta da Socialização Organizacional.

E demorará um tempo considerável até o funcionário aprender tudo que precisa e se sentir relaxado para dar o seu melhor. Já pensou o tanto que uma empresa perde por isto?

Morosidade para assimilar a cultura organizacional

Este é um prejuízo que está relacionado ao problema do desempenho. A assimilação da cultura organizacional é fundamental para os funcionários incorporarem a missão e os valores da empresa.

E assim, a empresa consegue alinhamento de comportamentos e esforços para atingir metas e indicadores. Na ausência de uma Socialização Organizacional estruturada, os funcionários aprenderão sobre a cultura da empresa por “tentativa e erro”. Como assim?

Toda pessoa carrega seus próprios valores individuais e estes devem ser articulados com o da empresa para o trabalho ser fluido. Isso também requer um processo de aprendizagem de valores, que acontece muito mais facilmente com a Socialização Organizacional. Caso não ocorra, a pessoa irá se comportar baseando-se em seus próprios valores, e é gradual e morosamente, pela vivência na empresa, que irá incorporando a cultura.

Portanto, sem o processo de Socialização, o alinhamento entre novato e empresa demorará mais para ocorrer, podendo nem mesmo ocorrer, em alguns casos. É quando a empresa tem conflitos constantes, podemos perceber que não houve uma boa assimilação da cultura.

Conflitos de relacionamento e piora no clima organizacional

Seguindo o raciocínio da demora para assimilar a cultura, em paralelo a isto, conflitos de relacionamento são muito prováveis de acontecer. Sem a Socialização Organizacional e consequente dificuldade para incorporar os valores da empresa, o novato, inevitavelmente, se deparará com alguma situação em que o seu comportamento ou trabalho será confrontado com a receptividade dos colegas.

Como é conhecimento geral, conflitos trazem diversos prejuízos ao ambiente organizacional, à qualidade e à produtividade. Quem perde com isso são pessoas e empresas. É desgastante e possivelmente adoecedor para pessoas, e as empresas terão menor lucratividade e crescimento.

O choque de valores enfrentado pela falta de um processo de Socialização Organizacional estruturado acarreta, então, em danos institucionais de curto, médio e longo prazos – que podem também ser entendidos como danos ao Clima Organizacional.

Menor engajamento dos funcionários

A subjetividade é um elemento pouco valorizado e considerado em várias empresas. É algo que diz respeito à percepção e disposição individual de cada pessoa. E pode acarretar em impactos tremendos para empresas.

O nível íntimo e privado – denominado aqui de subjetividade – não é facilmente perceptível aos outros, mas a pessoa trabalhará sempre baseada nisso que percebe e sente.

Se a pessoa não se sente à vontade e não percebe um esforço da empresa para recebê-la no novo ambiente de trabalho, ela carregará isto na sua trajetória dentro da empresa. E uma das principais consequências é a falta de engajamento nos projetos da empresa.

A Socialização Organizacional é o primeiro passo para o novo funcionário engajar-se de forma plena e espontânea. Mas as empresas devem se atentar também a qual é a cultura organizacional prevalente, pois se for uma cultura que desestimula o engajamento, de nada adiantará a Socialização Organizacional. O Diagnóstico de Cultura Organizacional é o recomendado neste caso.

Estes são os principais problemas enfrentados por uma empresa que não tem um processo de Socialização Organizacional estruturado. Quer aprender como fazer este processo de integração de novatos nas empresas? Leia este nosso artigo, que é um guia demonstrativo sobre o processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This