psicologia do trabalho

Você sabe o que é a psicologia do trabalho?

Nos ambientes empresariais, é muito comum ouvir falar em Psicologia Organizacional. Você provavelmente já tem uma noção do que se trata, não é? Desde seu surgimento, a Psicologia Organizacional passou por diversas modificações e adequações até chegar ao que é hoje, assumindo um papel significativo e indispensável dentro das empresas. Ao longo destas adaptações, várias outras teorias foram utilizadas e englobadas à Psicologia Organizacional, como é o caso da Psicologia do Trabalho.

Neste artigo você descobrirá porque é importante para os profissionais de RH e Endomarketing da sua empresa terem os conhecimentos fundamentais da psicologia do trabalho. Ela está intimamente relacionada à satisfação no trabalho — que por sua vez tem forte influência sobre produtividade, capacidade de inovação e retenção de talentos.

Psicologia do Trabalho — o trabalho como fundamental 

Desenvolvida pelo francês Yves Clot, a Psicologia do Trabalho parte do princípio de que o trabalho é estruturante, por ocupar um lugar central na vida das pessoas. É a partir das atividades que um indivíduo desenvolve que ele pode transformar o ambiente à sua volta e estampar no mundo a sua face. Seria ingênuo desconsiderar a relevância do trabalho na vida das pessoas, concorda?

A Psicologia do Trabalho contribuiu principalmente para uma abordagem mais humana das relações de trabalho. Partindo de uma perspectiva psicossocial — variáveis psicológicas e sociais —, busca compreender o homem e sua relação com o trabalho, de forma integral, considerando todos os aspectos envolvidos.

Como a psicologia do trabalho acontece na prática?

A inserção dos profissionais da psicologia nas organizações se deu, inicialmente, apenas por meio do recrutamento e seleção de pessoal, o que implica em encontrar um candidato que se “adeque” ao cargo em questão. Porém, esta forma de abordagem não considera a pessoa do trabalhador, sua personalidade e características individuais, e nem aspectos externos a ele, como tudo que concerne ao ambiente de trabalho. Dessa forma, com o surgimento da Psicologia do Trabalho, o psicólogo passa a ter um compromisso não apenas com a instituição, mas também com os indivíduos que a compõem, voltando seu foco para a saúde organizacional como um todo.

Além disso, tem se tornado cada vez mais evidente a importância em conciliar interesses de organizações e trabalhadores em uma cultura empresarial saudável. Um requisito para uma empresa crescer e se destacar em uma competição cada vez mais acirrada e diversificada pelo mercado consumidor.

Como a psicologia do trabalho influencia nos nossos serviços

Por termos consciência da importância de uma cultura corporativa saudável, nós da EIDEA nos baseamos nos pressupostos da Psicologia do Trabalho. Deste modo, buscamos favorecer as existências individuais, tendo em vista o funcionamento delas dentro de um todo, o meio empresarial, de forma a promover a autonomia de empresas e pessoas. Nosso propósito é fazer a diferença na vida de empresários e colaboradores, de forma a conciliar os interesses diversos, considerando a saúde mental e o trabalho como parcelas essenciais na vida de todas as pessoas. Tal propósito visa promover a integração pessoa-empresa, buscando ganhos para ambas as partes.

Relacionado: Inteligência Emocional: sua importância no trabalho

Veja o que acontece ao investir no bem-estar dos funcionários

Como melhorar a qualidade de vida no trabalho?

Mudar a Cultura Organizacional: por onde começar

Se você gostou deste texto e se interessou pelas contribuições da Psicologia do Trabalho, comente abaixo e compartilhe nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação