trabalho em equipe

Trabalho em equipe: a importância de desenvolvê-lo na sua empresa

Segundo pesquisas da consultoria Hay, somente 25% das experiências com trabalho em equipe são bem sucedidas. O que será que isso significa? Será que o trabalho em equipe é superestimado? Ou será que simplesmente as empresas não estão sabendo desenvolvê-lo? Provavelmente a segunda opção é a correta.

No início deste artigo iremos mostrar o porquê, e em seguida, explicaremos como as empresas podem fazer para aprimorar o trabalho em equipe de seus colaboradores.

O histórico evolutivo do trabalho em equipe para a humanidade

Vamos pensar na evolução da espécie humana. Desde o surgimento do homo sapiens, o fator social foi importantíssimo para o nosso sucesso evolutivo. O trabalho em equipe realizado desde os primórdios favoreceu a nossa espécie, sua perpetuação e o desenvolvimento da civilização.

Grupos de pessoas foram os que conseguiram sobreviver aos desafios e adversidades impostos pela natureza. A tendência social foi fundamental para nossa espécie – e essa tendência ainda vigora em nossa espécie.

O trabalho em equipe bem sucedido pode ser constatado em toda a história da humanidade. Os maiores marcos do desenvolvimento e progresso, foram resultado de esforços coletivos rumo a um mesmo objetivo. Por exemplo, as grandes cidades, a democracia, os monumentos históricos, a ciência e as principais tecnologias atuais.

O trabalho em equipe como potencial humano

O fato é que o trabalho em equipe é inevitável. Em termos da psicologia evolucionista, nossa espécie aprendeu ao evoluir que o trabalho em equipe é benéfico para o organismo individual e para o grupo que ele faz parte. E certamente é muito mais vantajoso que o isolamento.

Nas organizações não é diferente. Historicamente, o homem vem aprimorando suas formas de relação de trabalho, as empresas constituem mais uma dessas formas que o trabalho em equipe é imprescindível.

Obviamente, o grau de importância do esforço conjunto pode variar de uma empresa para outra, pois depende de variáveis como: o setor da empresa, o porte dela e a cultura organizacional vigente. Mas, evidentemente, em algum momento as habilidades de se trabalhar em equipe serão decisivas, não importa a empresa.

É indicado para as empresas analisarem a qualidade do trabalho em equipe que estão desenvolvendo, caso contrário, podem estar perdendo muito em produtividade e qualidade – e, portanto, perdendo dinheiro.

Você verá a seguir quais fatores influenciam no trabalho em equipe da sua empresa.

Fatores e habilidades relacionados ao trabalho em equipe

Todas as atribuições da Gestão de Pessoas – produtividade, liderança, motivação, etc – dependem de diversas variáveis. São competências multifatoriais, porém passíveis de desenvolvimento ou aprimoramento.

Portanto, para melhorar o trabalho em equipe sua empresa deve mirar em diversas variáveis. Mas foque em uma de cada vez, dessa forma, você conseguirá mensurar os impactos de cada variável separadamente e reconhecer quais são mais relevantes para suas equipes.

Fatores que influenciam no trabalho em equipe

  • Satisfação e motivação dos colaboradores;

Fator importantíssimo que pode estar relacionado a todos outros fatores listados a seguir. Para o trabalho em equipe otimizado a satisfação e motivação são condições básicas.

Além disso, saúde mental e física dos colaboradores, qualidade de vida no trabalho e a existência de conflitos entre as pessoas, são alguns dos principais agentes que influenciam na satisfação e motivação.

  • Personalidade;

As diferenças de personalidade também influenciam em como o trabalho em equipe toma forma. Existem traços de personalidade distintos que podem evocar conflitos entre as pessoas, no entanto, isso pode ser contornado.

As pessoas devem aprender a lidar com as diferenças e atribuir significados construtivos elas, ou seja, não verem as diferenças como barreiras, mas como complementariedades. A habilidade de liderança também é importante neste processo.

  • Estilo de Liderança;

O estilo do líder de equipe direcionará o trabalho conjunto para o sucesso ou fracasso. Por exemplo, líderes que não sabem dar feedbacks e retornos às pessoas podem desfavorecer o trabalho em equipe. Além disso, podem não ser respeitados o suficiente pelos colaboradores e perdem a confiança deles.

O estilo de liderança adotado na empresa deve ser um que estimula a colaboração entre as pessoas. E deve ser um que sabe escutar as pessoas e as ajuda a encontrar soluções, em vez de simplesmente mandar e corrigir seus trabalhos.

  • Cultura Organizacional;

A cultura organizacional definirá o tipo de relacionamento que as pessoas de uma empresa estabelecem. Ela pode ser entendida, grosso modo, como o conjunto de crenças, comportamentos e valores que as pessoas compartilham.

Sendo assim, influenciará irremediavelmente na qualidade do trabalho em equipe desenvolvido em uma empresa. Entretanto, ao contrário de como muitos entendem, é possível modelar e reconstruir a cultura de uma empresa. Transformar a cultura pode ser o caminho que cria condições para o trabalho em equipe bem sucedido estabelecer-se.

  • Ambiente físico da empresa;

O ambiente físico impõe restrições ou liberdade para os relacionamentos acontecerem.

A disposição das estações de trabalho, por exemplo, pode encorajar ou desencorajar o trabalho em equipe entre as pessoas. Além disso, influencia na qualidade das relações estabelecidas, interfere na produtividade coletiva e na comunicação entre as pessoas.

Habilidades relacionadas ao trabalho em equipe

  • Comunicação;

A comunicação assertiva e clara é essencial para desenvolver trabalho em equipe. Quando as pessoas sabem com clareza qual o objetivo de um dado projeto, as ações a serem tomadas e a sua própria função dentro da equipe, elas conseguem muito mais facilmente trabalhar em equipe.

Paralelamente, a comunicação pode definir se sua empresa faz trabalho em grupo ou em equipe. No trabalho em grupo as pessoas têm um mesmo objetivo, mas realizam independentemente suas funções. Na versão em equipe, as pessoas constroem junto o projeto durante toda a trajetória rumo ao objetivo. Neste, a possibilidade de inovação e qualidade é muito maior por as pessoas estarem em constante contato e trocando informações e conhecimento.

  • Feedback;

A habilidade de emitir feedbacks adequados é essencial para manter a motivação e o moral dos colaboradores.

O líder que sabe dar feedbacks foca no aprendizado do colaborador, não simplesmente em corrigi-lo para o “bem maior” do projeto. O líder deve considerar que as pessoas devem se manter engajadas, e que ao finalizar o projeto atual haverá outros no futuro. Ter habilidade de dar feedbacks é construir melhores relacionamentos e dar oportunidade de aprendizado aos colaboradores.

O trabalho em equipe consiste em relacionamentos positivos e aprendizagem mútua contínua. Feedbacks adequados podem ser fortes aliados.

  • Transparência e confiança;

Transparência e confiança não são, necessariamente, habilidades. No entanto, podem ser aprendidas e desenvolvidas também, assim como no caso das habilidades profissionais e pessoais.

Essencialmente, transparência e confiança dizem respeito à informação. Se você é transparente, compartilha informações de forma justa; e se você confia nos outros, é porque sabe que eles serão responsáveis com as informações que você dá.

Portanto, é um ciclo: a transparência pode gerar confiança, e a confiança pode gerar transparência. As pessoas de uma equipe que têm estas características se fortalecem mutuamente e comunicam-se bem. Compartilhar informações é fundamental para realizar trabalhos coletivamente com qualidade.

  • Disposição dos membros;

A disposição pode se referir tanto às características físicas ou mentais. A disposição mental é um dos maiores desafios enfrentados pelas organizações. Fatores como estresse, depressão, ansiedade, (não-)reconhecimento pelo trabalho e bem-estar influenciam diretamente na disposição da equipe para o trabalho.

Quando as pessoas não estão bem dispostas mentalmente, a tendência do cérebro é buscar por isolamento social para descansar. Portanto, é desfavorável ao trabalho em equipe. Além disso, a falta de disposição mental indica que o raciocínio está afetado, que é prejudicial para trabalhar coletivamente ou individualmente.

   

Com o e-book Psicologia da Produtividade no Trabalho, saiba como aumentar a produtividade

dos funcionários com a psicologia! Clique aqui para baixar o e-book gratuitamente!

   

Como desenvolver habilidades e condições para o trabalho em equipe bem sucedido

De forma geral, o primeiro passo é entender os relacionamentos e o clima da empresa. Um método muito útil e eficiente para conseguir isso é realizar uma Pesquisa de Clima Organizacional.

Os resultados colhidos revelarão pontos que merecem a atenção da sua empresa. Além de mostrar também onde sua empresa é robusta e potente, e você pode utilizar isso a seu favor, para estimular o trabalho em equipe.

Além disso, entender a cultura organizacional mostrará as condições que podem estar impedindo sua empresa de aprimorar o trabalho em equipe. A EIDEA utiliza metodologia própria para estudar e desenvolver as Culturas Organizacionais das empresas, o método ACO (Arquitetura de Comportamentos Organizacionais).

Após entender o clima e a cultura, a empresa deverá treinar e capacitar as pessoas para trabalharem em equipe. Os conhecimentos técnicos são fundamentais para a equipe ser capaz de entregar resultados com qualidade. No entanto, trabalho em equipe implica em ter habilidades sociais. A melhor forma de treiná-las e facilitar a assimilação delas por parte dos colaboradores é realizar treinamentos práticos, também conhecidos como Workshops.

E não se esqueça de formar as lideranças de sua empresa! Os líderes são fundamentais no processo de trabalho em equipe. São os principais responsáveis pelo incentivo à colaboração coletiva, pois se relacionam diretamente com os membros de uma equipe no dia-a-dia. E também são referências para os colaboradores, isto quer dizer que se um líder têm habilidades sociais, a tendência é que elas se propagem para o restante da equipe.

Você considerou este conteúdo útil? Veja também outros artigos relacionados que podem ajudar:

Ou fale com um de nossos consultores para obter suporte personalizado sem custo! Basta preencher o formulário abaixo:

 

    
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Marcos Faria  
EIDEA Consultoria & Psicologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação