separar vida pessoal e profissional

Separar vida pessoal e profissional: quando se torna impraticável

Um grande desafio vivenciado pelas pessoas no mundo contemporâneo é saber separar vida pessoal e profissional. Mas as pessoas não sabem que o simples fato de desejar separar absolutamente as duas coisas pode ser um tiro no pé.

Neste artigo vamos mostrar em quais situações a separação não se aplica. E a tentativa de administrar essa separação pode ser muito prejudicial para a saúde, vida pessoal e profissional.

A diferença fundamental entre vida pessoal e profissional: os papéis desempenhados

Existe uma corrente teórica na psicologia que servirá de base para falarmos deste tópico: o Psicodrama. O Psicodrama considera que todos nós assumimos papéis nas relações sociais – como se na vida interpretássemos personagens em uma peça teatral.

A ideia é que é útil e saudável elaborar reflexões sobre os papéis que você desempenha no trabalho e na vida, pois podem ser fundamentalmente diferentes. E assim, saber discriminar os dois é excelente para não misturar pessoal e profissional.

Para o Psicodrama, a autoconsciência desses papéis é imprescindível para executá-los de forma saudável e satisfatória. E não ter a consciência profunda deles pode ser prejudicial, pois podemos até misturá-los e não desempenhá-los bem. Além de, ao tomar consciência, temos maiores condições de modificá-los como bem entendermos.

Ter a consciência deles e discriminar nossos papéis em cada âmbito da vida é essencial para nos manter mentalmente saudáveis – prevenindo estresse, ansiedade e depressão.

Do que vida pessoal e profissional compartilham? Você!

Apesar de saber que trabalho e vida pessoal são universos separados, o mesmo organismo irá vivenciar os dois: você! Mesmo ao separar vida pessoal e profissional, elas estarão, de certa forma, juntas.

Isso implica que uma parte pode influenciar na outra, mesmo que de forma inconsciente. O estresse do trabalho, pode influenciar na vida pessoal, o que em seguida pode influenciar no trabalho do dia seguinte, e assim sucessivamente, tornando-se um círculo vicioso.

É por este motivo que as pessoas que trabalham em empresas que investem em qualidade de vida no trabalho e bem-estar mental são mais felizes – e por isso acabam produzindo mais, gerando mais lucros para a empresa.

Portanto, se você puder, sugira na sua empresa atividades e programas de qualidade de vida no trabalho. Irá gerar resultados positivos de forma global – para empresa e funcionários.

E também tenha em mente que a autoconsciência dos papéis desempenhados por você, ajuda a diminuir a influência do trabalho na vida pessoal e vice-versa.

Quando não é mais possível separar vida pessoal e profissional

Resumidamente, separar vida pessoal e profissional se torna impraticável quando nossa saúde mental precisa de cuidado urgente.

Na verdade, o cuidado deve estar sempre presente, como forma de prevenção. A prevenção em saúde é a forma mais eficaz de combater doenças – inclusive as doenças mentais como transtornos depressivos e transtornos de ansiedade.

Quando você percebe que não está sendo mais capaz de entender seus papéis sociais, gerenciar seu tempo para resolver todos os problemas, e ser produtivo, é um sinal de que não realizou uma boa prevenção.

De fato, nossos corpos não foram evolutivamente preparados para trabalhar mais que 40 horas por semana. Por isso as taxas de estresse e transtornos mentais ocupacionais são tão altos.

Portanto, se não há tempo para cuidar de nós mesmos e das nossas condições psicológicas, a tendência é adoecer.

Por isso, às vezes as pessoas não precisam aprender a separar melhor vida pessoal e profissional, mas precisam apenas de cuidar da saúde mental para darem conta das obrigações ocupacionais, sem sacrificar o relacionamento com a família.

Se sentir que não está conseguindo separar vida pessoal e profissional, é um sinal de que sua saúde mental precisa de cuidados.

Veja algumas formas que empresas podem estar oferecendo maior qualidade de vida no trabalho e cuidando da saúde mental dos funcionários:

Fale com Consultor EIDEA separar vida pessoal e profissional
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação