saiba-como-propagar-a-cultura-organizacional-entre-os-funcionarios.jpeg

Saiba como propagar a cultura organizacional entre os funcionários

Toda empresa tem seus valores, suas crenças, seus objetivos e sua missão — se não os têm, deveria ter. Esses são apenas alguns dos elementos que compõem a cultura organizacional de uma instituição e é com ela que todos os funcionários de uma empresa devem estar familiarizados.

Muitos problemas enfrentados por gestores como, por exemplo, o alto índice de turnover e a falta de sintonia entre a equipe, têm suas raízes encontradas no fato dos colaboradores não conhecerem ou não compartilharem da sua cultura organizacional.

Se esse é o caso da sua empresa ou se você deseja evitar tais problemas, continue lendo esse texto!

Comece a propagar de cima para baixo

Propagar a cultura da empresa é sinônimo de bastante trabalho, já que é um serviço que demanda tempo e dedicação. Porém, os resultados compensam todo o esforço empreendido.

Para isso, é necessário ter, em primeiro plano, a coerência entre o que está no discurso da instituição e o que se vê na prática. Isso implica que não só os funcionários subordinados devem seguir a ideologia da empresa, mas também os líderes e gestores. Afinal, como diz o ditado popular: “a palavra convence, mas o exemplo arrasta”. 

Alinhe as práticas do RH com a cultura organizacional

Uma cultura que não esteja alinhada com as práticas do RH pode até estar permeada entre os funcionários, porém ela não terá força alguma e será construída em cima de alicerces bem frágeis.

O departamento de Recursos Humanos é parte fundamental no processo de propagação da cultura de uma empresa. Suas atividades, como treinamentos, palestras motivacionais, planos de carreiras, assim como o recrutamento e seleção devem estar em sintonia com os ideais da organização.

Invista na comunicação interna

Jornais mensais, panfletos informativos, revistas e até blogs e mensagens de texto via celular. Tudo isso são ferramentas válidas que podem ser utilizadas internamente para que a empresa propague suas ideias entre os funcionários.

Um outro bom instrumento de comunicação interna é o manual de boas-vindas. Ele pode ser a porta de entrada para que novos funcionários tenham consciência das normas, crenças, rituais e também da missão da empresa.

Contrate pessoas com os mesmos valores da empresa

Colaboradores são muito mais produtivos quando acreditam no que estão fazendo. Quando seus preceitos estão de acordo com os do local em que trabalham, conseguem trabalhar mais e melhor.

Por esse motivo, o ideal é que, desde a contratação, você tenha o cuidado de selecionar somente aqueles candidatos que possuam afinidade com os ideais da organização.

Empresas de renome, como o Google, Fiat e Amazon têm como base a sua cultura organizacional bem difundida entre os colaboradores e, por isso, conseguem ter uma alta taxa de retenção de talentos.

A satisfação de um funcionário está diretamente ligada à sua qualidade de vida e ao seu bem-estar. As pessoas se sentem bem quando estão em harmonia com a empresa onde trabalham e esse é apenas um dos benefícios trazidos pela cultura empresarial bem propagada.  

Além disso, o cliente também se beneficia e essa é uma outra grande vantagem trazida pela unificação de ideais entre funcionários e empresa. Um cliente satisfeito fala bem da empresa para outras pessoas, o que traz mais clientes e solidifica a imagem da organização no mercado.

Como você pode perceber, propagar a cultura organizacional entre seus funcionários pode ser feito de forma simples e sua utilização só traz benefícios, tanto para a sua empresa quanto para os seus colaboradores.

E então, esse post foi útil para você? Agora, aproveite e continue aprendendo sobre o assunto com a leitura desse artigo que fala sobre por que contratar uma pesquisa de clima organizacional!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação