infográfico qualidade de vida no trabalho

Qualidade de vida no trabalho: os efeitos do investimento [Infográfico]

As empresas podem ganhar muito ao investir em qualidade de vida no trabalho (QVT) – e também podem evitar muitas perdas com isso. Elaboramos este artigo para evidenciar os efeitos desses investimentos para empresa. Além disso, trouxemos para você um infográfico bônus com os principais dados estatísticos a respeito do tema.

O interessante da qualidade de vida no trabalho, é que ela traz efeitos a curto, médio longo prazos. Alguns programas que as empresas implementam, causam efeitos positivos durante de anos, pois além de tudo, há transformação da cultura organizacional.

Enumeramos a seguir os principais efeitos dos investimentos em qualidade de vida no trabalho.

Ganhos financeiros

É evidente, segundo os dados pesquisados, que o retorno sobre o investimento (ROI) dos programas de qualidade de vida no trabalho é garantido. Obviamente, isso acontece se os programas forem adequadamente colocados em prática, assim como são as soluções da EIDEA.

No Brasil e no exterior, o retorno sobre o valor investido pode ser mais que o dobro. Portanto, se sua empresa investe R$10.000 em um programa de qualidade de vida de 6 meses, ela poderá faturar no mínimo 20.000 a mais neste período – e possivelmente mais depois disso se forem planejadas transformações na cultura.

Produtividade

Um dos efeitos mais visíveis de programas de qualidade de vida no trabalho é nos indicadores de produtividade. Para muitas empresas é um mistério como podem fazer para aumentar a produtividade. Os investimentos em qualidade de vida frequentemente não são prioridade para alavancar a produtividade, mas devem ser considerados com mais atenção pelos gestores – pois trazem resultados.

Com base nos dados que pesquisamos, algumas empresas podem aumentar a produtividade em níveis maiores com a qualidade de vida no trabalho, do que com a criação de benefícios financeiros ou com a implementação de processos de gestão ou RH.

Veja no infográfico, os dados assertivos acerca do aumento da produtividade a partir de investimentos em qualidade de vida no trabalho.

Qualidade de Vida no Trabalho, Saúde e Estresse

Qualidade de vida é um tema da saúde, portanto, é mais que normal que ocorram reflexos na saúde dos funcionários.

É interessante analisar os dados, pois percebemos que os investimentos em qualidade de vida no trabalho reduzem os custos associados à saúde dos funcionários para as empresas.

Por exemplo, dois dos indicadores que mais melhoram com qualidade de vida no trabalho, são a taxa de absenteísmo e a taxa de afastamento por condições de saúde.

Isso se deve à promoção de bem-estar e saúde que ocorrem nos programas de qualidade de vida, assim ocorre diminuição do estresse de forma acentuada. O estresse é um dos principais responsáveis por afastamentos e ausências no trabalho. Além de trazer diversos outros problemas para o clima organizacional e motivação.

Sugiro que você calcule quanto custa para sua empresa um dia de afastamento ou ausência de um funcionário – caso ainda não tenha este dado. Ao investir em qualidade de vida no trabalho, este valor será reduzido acentuadamente, e sua empresa reduzirá os prejuízo com absenteísmo e afastamentos por condições médicas.

Confira o infográfico para ver os números.

Você pode acessar o infográfico sobre os ganhos de investir em qualidade de vida no trabalho clicando no link abaixo. Ele tem todas as evidências que uma empresa precisa saber para constatar que qualidade de vida no trabalho é um investimento que dá retorno!

Clique aqui para baixar o infográfico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação