metas profissionais

Como estabelecer suas metas profissionais para 2018?

A chegada de um novo ano sempre vem acompanhada de uma energia muito própria para focar em novos projetos, sejam eles referentes às mudanças que você vê necessidade de realizar na sua vida, ou até mesmo a metas profissionais e pessoais antigas para as quais você não teve tanto tempo quanto gostaria no ano anterior.

No entanto, ainda que esta energia esteja a todo vapor no início do ano, é comum que ela vá se perdendo ao longo do tempo, e quando chega o momento da retrospectiva, você percebe que não conseguiu cumprir todas as suas metas.

Pensando nisso, a EIDEA traz hoje este artigo para você que gosta de estabelecer metas no início do ano, mas não sabe se vai conseguir cumpri-las. Continue a leitura para conferir as dicas:

1) Trabalhe com metas profissionais realistas

Esta primeira dica pode parecer óbvia, mas não é. É muito comum, na empolgação do novo ano que se inicia, e com a ideia de “se superar”, estabelecermos metas impossíveis, que não se encaixam na nossa rotina ou na nossa realidade. Isso acaba resultando em frustrações a cada final de ano, e a sensação de que não somos bons em cumprir metas. Portanto, trabalhe com metas realistas, que sejam possíveis de aplicar.

2) Defina prioridades

Sempre existem aquelas metas profissionais que são mais necessárias e importantes para você do que outras. Coloque-as como prioritárias, pois nem sempre dá tempo de se dedicar a todos os seus objetivos.

3) Divida metas mais complexas em micro-passos

Metas do tipo “comprar um carro” tendem a não ser alcançadas, pois exigem planejamento. Assim, é mais eficaz dividir em metas menores e mais graduais, como por exemplo: 1) cortar gastos supérfluos; 2) economizar gastos com roupas, sapatos e acessórios reformando peças antigas; 3) pesquisar financiamentos e 4) planejamento financeiro para gastos adjacentes (IPVA, seguro, possíveis consertos, etc.).

4) Estabeleça prazos

Definir metas profissionais para o ano, mas não estabelecer até que momento do ano elas devem ser cumpridas é uma das maiores causas do não-cumprimento. Isso ocorre porque, quando não há um prazo definido, as metas ficam muito soltas e você pode acabar, por exemplo, deixando todas elas se acumularem para o final do ano. E além disso, muitas coisas podem mudar ao longo de um ano, e pode ser que aquela meta que você estabeleceu lá em janeiro já não faça mais sentido para você em julho. Por isso, sempre coloque prazos (tanto para as metas quanto para os micro-passos) que sejam realistas, mas que ao mesmo tempo exijam disciplina e foco para serem cumpridos, caso contrário suas metas vão se perdendo ao longo do ano.

5) Aproveite a jornada!

Lembre-se de que as metas que você estabeleceu são passos que você estará dando em direção ao seu desenvolvimento profissional (e por que não pessoal?), e por isso não devem ser encaradas como um estorvo na sua vida, mas sim como um motivador para você correr atrás das transformações e mudar sua vida para melhor.

Seguindo as dicas acima, você vai estar aumentando em muito suas chances de sucesso com suas metas do ano! Quer receber mais dicas como essa? Assine nossa newsletter no formulário abaixo:


Inscreva-se na nossa Newsletter!

* campos obrigatórios
 

Cadastrando-se, você receberá semanalmente em seu e-mail conteúdos sobre motivação e muito mais!


  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Raíssa Dias
EIDEA Consultoria & Psicologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação