empreendedores mente forte

Como empreendedores podem manter a mente forte

Nós da EIDEA escutamos muito sobre mindset no meio empresarial. Empreendedores, aparentemente, atribuem uma grande importância ao mindset correto para ter sucesso em suas jornadas. Mas o que é este mindset? É possível manter a mente forte durante toda experiência do empreendedorismo até conseguir ser bem-sucedido(a) – e além?

Dentre outras, essas são algumas perguntas que tentaremos responder neste artigo. E iremos sugerir alternativas para empreendedores manterem a mente fortalecida durante o percurso do empreendedorismo.

O melhor mindset para empreendedores

Se existe um mindset ideal para empreendedores, é aquele que irá ajudar a vencer os árduos obstáculos do empreendedorismo para ter sucesso e realização. Principalmente no Brasil, que é um dos piores lugares do mundo para empreender.

No relatório Doing Business 2017, o Banco Mundial analisou 190 nações para medir a facilidade de fazer negócio. Os números do Brasil no ranking não foram nada positivos.

O relatório aponta o Brasil na posição 175 no critério Facilidade para começar um negócio, posição 181 em Pagamento de impostos, e 101 no quesito Acesso a crédito!

Portanto, o mindset empreendedor deve ser o que permanece otimista, e resiste às diversas frustrações que irão inevitavelmente ocorrer durante o percurso. É o que nas ciências cognitivas é chamado de resiliência.

Mas isso não é fácil! Em um artigo da Fortune Magazine, é discutido por que empreendedores têm diversos episódios de mental breakdown. São situações em que a mente não dá conta da sobrecarga que lhe é imposta, e ela para de funcionar efetivamente. Poderíamos entender isso como um aviso da mente de que algo está errado e que é necessária uma “manutenção no sistema”.

Portanto, o melhor mindset é este que permanece resiliente nas infinitas adversidades do empreendedorismo, mas isso é também um potencial para prejudicar a saúde mental de empreendedores – pois as exigências aumentam no decorrer do tempo. Então, o que fazer para manter a mente fortalecida?

A importância de suporte para a saúde mental

Muitas pessoas não veem o termo “saúde mental” com bons olhos, por ser um termo algumas vezes associado aos transtornos mentais graves, como transtorno depressivo maior ou esquizofrenia.

Mas a saúde mental é muito mais abrangente que isso!

Assim como empreendedores praticam esportes ou vão à academia para manter a saúde física, são diversas as formas de manter a saúde mental, e, consequentemente, manter-se com disposição e resiliência na jornada empreendedora.

Alguns empreendedores acabam se isolando, pela própria natureza do seu projeto ou startup, que requer uma dedicação própria e isolada. Isso é uma das coisas que prejudica o mindset empreendedor. O isolamento é uma condição frequentemente associada a transtornos mentais mais graves. Isso não é coincidência, pois é importante manter uma rede de relacionamentos, amigos e parentes próximos, assim você terá o suporte necessário para sua força mental.

Não se constrói uma empresa sozinho, “é necessário uma vila para construí-la”. Isso não se aplica somente às parcerias necessárias, mas também ao suporte que relacionamentos interpessoais nos fornecem. A própria evolução do homo sapiens contou com o fator social. Sem ele, não estaríamos onde estamos.

A realidade do condicionamento mental empreendedor

É comum pensarmos que a vida empreendedora é um mar de rosas, mas não é. Assim como há diversos relatos no livro Empreender não é brincadeira, de Pyr Marcondes e Bob Wolheim.

Temos essa impressão pois os empreendedores muitas vezes querem transparecer uma imagem de estarem inabaláveis, positivos e confiantes. Mas quem é empreendedor sabe que é uma jornada que também tem inseguranças, incertezas e receio de que tudo possa dar errado. Nós da EIDEA também passamos por isso, e não deve ser tabu nenhum revelar isso.

Obviamente, não é construtivo sair espalhando aos quatro ventos as adversidades, pois o empreendedorismo requer muita ação para fazer as coisas acontecerem. E reclamar tira a nossa força de ação.

Mas por que isso acontece? Por que empreendedores querem transparecer essa imagem quase sobre-humana?

Empreendedores agem assim em razão da crença de realização e por acreditarem muito na ideia ou projeto que constroem. É fato que quanto mais acredita-se em uma coisa, maior é nossa motivação para ela acontecer. Podemos tomar como exemplo a própria teoria psicológica de Viktor Frankl, a Logoterapia.

Nela é estudado, dentre outros temas, a força do sentido de vida na existência. Ele desenvolveu sua teoria durante e após o holocausto. Frankl sobreviveu ao campo de concentração nazista, e viu que as pessoas que mais conseguiam seguir em frente em tal situação eram aquelas que tinham um sentido maior de vida, que ultrapassava o “sobreviver por sobreviver”. Eram aqueles que tinham família e queriam reencontrá-la, por exemplo. Ou aqueles que não queriam morrer antes de fazer algo benevolente e importante em suas vidas.

A crença em sua ideia ou projeto empreendedor é algo que move e fortalece. É o sentido que empreendedores atribuem à sua vida, e isso os motiva muito!

A questão é que o corpo não é uma máquina. Uma hora o cérebro pede descanso se um empreendedor não cuida periodicamente do seu estilo de vida.

Como manter a mente fortalecida e não prejudicar seu negócio?

Não é problema alguma admitir que precisa cuidar da mente. Muitas pessoas entendem isso como fraqueza, mas não é. Vivemos em um mundo que diz constantemente que devemos estar sempre bem dispostos e conseguir superar desafios, que se torna uma sobrecarga psicológica.

Buscar formas de cuidar da saúde mental é ir na contramão disso e contestar este status! Ora, empreender não é isso também? Causar impacto contrariando as probabilidades?

Então, não se isole em seu trabalho – como já falado anteriormente. Os relacionamentos interpessoais são um grande aliado para a mente conseguir suporte e para o cérebro manter a criatividade.

Pratique meditação diariamente. A meditação ajuda a mente a manter seu condicionamento para enfrentar os desafios. Um estudo da universidade de Harvard constatou que a meditação reconstrói a massa cinzenta do cérebro e aumenta a capacidade de áreas associadas à regulação de ansiedade, estresse e capacidade de armazenamento de memória.

Leia livros de romance, não só livros de gestão e empreendedorismo. A leitura ajuda na neuroplasticidade, que é a capacidade do cérebro de se adaptar às situações da vida.

E também, conte com o trabalho da psicologia! Os atendimentos psicológicos ajudam na capacidade de resolução de problemas e controle de ansiedade e estresse.

Algumas considerações finais

O mindset empreendedor também pode ser condicionado através de reflexões e mudança de postura perante a vida. Carol Dweck, fala da importância do “ainda” para superar desafios, ter mais prazer ao enfrentá-los e reduzir auto-sabotagem, em sua apresentação no TED Talks.

A ideia é fazer um pequeno jogo de palavras e incorporá-lo em sua vida. Em vez de pensar, “eu não consigo”, pensar “eu ainda não consigo”. Assim, modulamos nossa mente a perceber a importância do esforço e não do resultado. Resultados são importantes, é claro, mas é o esforço que os determinarão.

E não se esqueça de permanecer sensível aos sinais do seu corpo e cérebro. Ansiedade, estresse, pouca energia e disposição, são alguns dos sinais de que a sua postura em relação à sua saúde mental está prejudicando a sua jornada empreendedora e seu negócio.

Para aprofundar mais sobre o assunto ou buscar mais informações técnicas e úteis sobre como manter uma mente forte, especialmente se você é um empreendedor, entre em contato com a EIDEA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação