desmotivação no trabalho

Desmotivação no Trabalho: 5 principais causas e como superá-las

A desmotivação no trabalho é um problema fortemente comprometedor para empresas. Com ele pode vir queda na produtividade, na qualidade do trabalho, desligamentos, dentre diversos outros males.

Os gestores são os mais indicados para diagnosticar e dedicarem-se a esse desafio. Eles são as principais referências para as equipes de trabalho e quem têm maiores condições para tomar decisões que intervenham nas causa da desmotivação.

Tendo estabelecido esse pressuposto, devemos entender a desmotivação no trabalho de forma didática.

Desmotivação e Motivação configuram um continuum. Isso quer dizer que são polos de um mesmo eixo, portanto, o sentimento de desmotivação/motivação desloca-se neste eixo. E se há motivação, não há desmotivação.

Assim sendo, o melhor caminho para combater a desmotivação, é criar um ambiente de trabalho motivador que consiste de relações de trabalho também motivadoras.

Veja a seguir as 5 principais causas da desmotivação, e o que você pode fazer para transformá-la em motivação consolidada.

1 – Feedbacks e retornos inadequados dos líderes

Retornos regulares são essenciais para manter a motivação dos colaboradores. Os feedbacks não devem ocorrer somente em reuniões mensais, devem acontecer regularmente.

Dessa forma, os colaboradores têm maiores probabilidades de aprender com os erros e desenvolverem-se dentro da empresa. Além disso, eles percebem transparência no líder e passam a confiar mais nele.

Contudo, os feedbacks devem ser dados corretamente. Os líderes não devem recorrer às broncas e muito menos a gritar ou elevar o tom de voz com os colaboradores. Devem ser polidos, cuidados e claros ao dar os retornos, além de conversar sobre possíveis soluções para os pontos a serem melhorados com o próprio colaborador sujeito ao feedback.

Com o e-book Psicologia para Líderes, você aprenderá tudo que precisa para

ser um líder bem-sucedido! Clique aqui para baixar o e-book gratuitamente!

2 – Conflitos nas equipes

Uma equipe harmoniosa deve ser prezada para evitar desmotivação.

A ferramenta ideal para diagnosticar as causas fundantes dos conflitos nas equipes é a Pesquisa de Clima Organizacional. Ela irá explorar amplamente e especificamente as raízes dos conflitos.

Saber o que motiva conflitos é imprescindível para solucioná-los.

A solução dos conflitos sempre deve abranger as partes envolvidas no problema. Pois devem se responsabilizar e engajar-se no processo de resolução.

3 – Desmotivação no trabalho por metas impertinentes

Existem duas faces para a desmotivação por metas: uma em que as metas são inatingíveis e outra em que as metas são rebaixadas.

No cenário ideal, as metas nunca são impostas pelo chefe, elas são estabelecidas após devida análise de pertinência. É sensato até mesmo conversar com o próprio funcionário sobre a percepção dele a respeito das metas geralmente estipuladas. Dessa forma você obtém mais uma informação sobre a meta ideal.

Existirá uma margem ótima para as metas em que os colaboradores produzirão mais, pois estarão mais motivados ao perceberem que é atingível, porém é também um desafio.

4 – Comunicação ineficiente

A comunicação é sempre uma via de mão-dupla. Tanto a empresa deve se preocupar em transmitir as informações e orientações de forma clara e objetiva, quanto deve assegurar que existam canais eficientes para receber a comunicação originada pelos colaboradores.

A desmotivação no trabalho pela comunicação acontece dessas duas formas: ineficiência para transmitir, e ineficiência para receber.

A compreensão da cultura organizacional é fator decisivo para identificar pontos a serem melhorados à respeito da comunicação. Pois a cultura diz respeito tanto aos aspectos formais e aos informais da comunicação, e à aspectos coletivos e individuais também relacionados à comunicação desmotivadora.

Ao analisar a função que a cultura está exercendo na comunicação, você poderá começar a prescrever soluções.

5 – Ausência de reconhecimento

Esta é uma forma recorrente de desmotivação nas empresas, e ela não é claramente compreendida por diversos gestores.

Reconhecimento não acontece somente com salário ou bonificações pelo trabalho. O reconhecimento é essencialmente social. Isso significa que o reconhecimento começa na relação interpessoal imediata.

Os colaboradores devem ter suas ideias, atitudes, e resultados reconhecidos pelo líder, pois isso os motiva a manterem-se contribuindo para a equipe e empresa.

Uma forma de reconhecimento constantemente desprezada, mas que é primordial para manter a motivação é a empresa ter programas de qualidade de vida no trabalho que proporcione bem-estar dos funcionários.

A empresa deve mostrar que preocupa-se com a saúde e felicidade do colaborador. Afinal, é muito mais fácil que você contribua para uma empresa que mostre que você é importante, concorda?

Além disso, deve haver possibilidade de crescimento dentro da organização, e os reconhecimentos dados devem associar-se a este caminho de crescimento. Isso nos leva à mais uma causa de desmotivação no trabalho, que será um bônus deste artigo.

6 – BÔNUS: Não haver possibilidade de crescimento dentro da organização

Perceber uma via de crescimento profissional dentro da empresa é essencial para a motivação.

Isso pode acontecer de diversas formas:

  • Estabelecer um plano de carreiras claro para todos os funcionários;
  • Realizar de treinamentos práticos e técnicos com frequência;
  • Emitir feedbacks que levem em consideração o desejo de desenvolvimento de cada funcionário.

Sem a constatação de que é possível crescer dentro da empresa, o colaborador não vê muito motivo para sempre estar superando seus limites.

Enfim, trabalhe de forma a eliminar essas 6 causas listadas acima e sua empresa estará garantindo que a desmotivação no trabalho não aconteça.

Não se esqueça de compartilhar este artigo com seus colegas e amigos para ajudar mais empresas e pessoas em suas atividades!


Inscreva-se na nossa Newsletter!

* campos obrigatórios

Cadastrando-se você receberá semanalmente em seu e-mail conteúdos sobre motivação e muito mais!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Marcos Faria
EIDEA Consultoria & Psicologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação