criatividade-no-trabalho

Criatividade no trabalho: aprenda como desenvolver

Muitos trabalhos e projetos exigem experiência e conhecimento prévio para serem bem desenvolvidos. Entretanto, embora muitos projetos possam ser semelhantes, eles são fundamentalmente diferentes. Os clientes mudam, as necessidades mudam, os momentos de vida dos colaboradores mudam, etc. São infinitas variáveis que influenciam no trabalho e que não podemos controlar. Mas existe uma saída para garantir que sua empresa e equipe não sejam afetadas pelas imprevisibilidades: desenvolver criatividade no trabalho.

Na verdade, desenvolver criatividade no trabalho é objetivo de muitos gestores e líderes. E é também um enorme desafio, pois não é tarefa simples.

Isso é explicado pelo fato da criatividade ser uma faculdade humana multifatorial, ou seja, ela é efeito de diversas causas simultâneas. Portanto, para efetivar a criatividade no trabalho, as empresas precisam intervir sobre mais de um fator.

Neste artigo enumeraremos os principais fatores que influenciam na criatividade no trabalho e formas de desenvolvê-la.

Continue a leitura e você descobrirá, a seguir, como fazer isso.

Crie um ambiente de trabalho harmonioso

Para a criatividade acontecer, o trabalho deve ser prazeroso. Em psicologia comportamental, se o trabalho é aversivo, as pessoas tendem a fazê-lo para se livrarem dele. E isso está longe do ideal.

Por outro lado, se o trabalho está associado ao prazer e harmonia, o colaborador não produzirá com o objetivo de se ver livre da tarefa. Isto é evidência conclusiva de que criar um ambiente harmonioso, favorecerá o florescimento da criatividade.

Além disso, considerando a perspectiva dos relacionamentos interpessoais, em um ambiente em que as relações são positivas, é mais provável que inovação e criatividade aconteçam, pois as pessoas estão continuamente cooperando e dialogando sobre as tarefas. A construção coletiva repercute em criatividade e inovação para os projetos da empresa.

Em um ambiente de trabalho hostil e tóxico, em que as pessoas não percebem umas nas outras a capacidade de criar junto em relações mutuamente benéficas, a criatividade no trabalho não se desenvolve.

Promova qualidade de vida e bem-estar

Ter qualidade de vida no trabalho e obter bem-estar é fundamental para desenvolver criatividade no trabalho.

Em psicologia, a criatividade é uma faculdade que só acontece quando outras necessidades do organismo são atendidas. As pessoas devem desfrutar de bem-estar físico, mental e social para conseguir desempenhar um bom trabalho e também serem criativas.

Proporcionar qualidade de vida no trabalho é essencial para suprir essas demandas humanas. E é condição para alcançar o bem-estar necessário para o surgimento da criatividade no trabalho.

Portanto, a empresa deve se preocupar com o bem-estar dos colaboradores, para conseguir desenvolver a criatividade. Diminua o estresse, promova a saúde mental, motive as pessoas das formas certas e cultive as relações interpessoais.

Dessa forma, sua empresa estará desenvolvendo a criatividade no trabalho.

Desenvolva autoconhecimento e autoconfiança nos colaboradores

A criatividade sempre parte do indivíduo. Mesmo a criatividade em grupo é consequência de faculdades individuais separadas.

O autoconhecimento fornece clareza para as pessoas conseguirem ser criativas. Por quê? Porque toda criatividade é projeção do individual. Ela a concretização da interferência dos organismos humanos no ambiente, que o modificam e criam coisas a partir do que ele oferece.

Portanto, uma pessoa que se autoconhece tem muito mais capacidade de concretizar seus ideais criativos, pois eles são resultado dos recursos individuais e singulares de uma pessoa.

Simultaneamente, ter autoconfiança é fundamental para exercer criatividade. Uma pessoa autoconfiante, confia em seu potencial criativo e suas habilidades de interferir e modificar o ambiente – ou seja, suas habilidades para executar trabalhos na empresa.

Workshops são excelentes soluções para proporcionar autoconhecimento e autoconfiança das pessoas de uma equipe.

Invista em uma cultura organizacional que propicie a criatividade no trabalho

A criatividade exige dedicação das pessoas. No entanto, esta dedicação requer apoio do ambiente.

Em uma cultura organizacional em que as pessoas têm seus esforços e trabalhos reconhecidos, é muito mais provável que a criatividade seja desenvolvida.

As empresas que desejam estimular criatividade no trabalho devem investir em uma cultura organizacional que possibilite às pessoas superarem seus limites.

Isso pode ser feito investindo na formação dos líderes e promovendo palestras e workshops que eduquem as pessoas a respeito da criatividade. Ao fazer isso, sua empresa está arquitetando uma cultura organizacional que evoca comportamentos criativos.

Ao solucionar estes desafios, sua empresa certamente desfrutará de maior criatividade no trabalho.

Você considerou este conteúdo útil? Por que não o compartilha nas redes sociais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação